segunda-feira, 7 de maio de 2012

Professores temem sofrer o mesmo calote dado nos PMs

Não são todos os professores que estão satisfeitos com os 22% prometidos pelo governo do Estado a ser concluído até o mês de outubro.
Muitos professores estão usando as redes sociais para criticar até o Sindicato, afirmando que podem ser vítimas de ‘calote’, assim como aconteceu com os policiais militares que fecharam um acordo com o governo Wilson Martins em agosto do ano passado, mas em abril deste ano, tal acordo não tinha sido cumprido integralmente.
O reajuste do governo será implementado da seguinte forma: 8% em maio, retroativo a janeiro; em junho, o total chega a 10%, em agosto a 12% e, em outubro, o percentual atinge os 22%. Espera-se que as aulas reiniciem o mais rápido possível.
180graus