domingo, 16 de março de 2014

"O Zé Filho é muito imaturo...", dispara ex-senador Mão Santa

O presidente do PSC no Piauí, Mão Santa, afirmou que ficou entristecido com a não candidatura do atual vice-governador, Zé Filho (PMDB), seu sobrinho, ao governo do Estado. Mão Santa, disse ainda que será candidato a governador nas eleições de outubro e alertou que no Piauí há um bando de viciados nos cofres públicos.
De acordo com o ex-governador, em dezembro do ano passado Zé Filho havia o informado  que seria candidato a governador do Piauí. “Eu ainda não entendi essa não candidatura do Zé Filho, no dia 30 de dezembro ele me confirmou que sairia como candidato a governador, ai quando foi no dia 31 ele teve uma conversa com Wilson Martins, e me surpreendeu com sua desistência”, afirmou Mão Santa.
Mão Santa, disse, que se o seu sobrinho saísse como candidato ao governo teria todo o seu apoio. 
“Eu ia apoiar meu sobrinho e sairia como deputado federal, ai tiraram o homem e nós tivemos que começar a pensar na oposição, por isso lancei meu nome. O Zé Filho é muito imaturo, mas espero um dia vê-lo governador para levar o legado do pai dele (ex-deputado Antonio José Morais Sousa)”.

O ex-senador disse que espera, ainda o apoio do PSDB para a sua candidatura e que terá o apoio de Aécio Neves, candidato a presidência pelo partido. “Eu sou amadurecido e terei o apoio do Aécio Neves no Piauí, que é um candidato extraordinário. O PSDB tem o maior líder o prefeito Firmino e queria a Lucy Ferreira como minha vice”, afirmou.

Mão Santa afirmou que no Piauí está cheio de viciados nos cofres públicos e que no estado e no Brasil não há nenhuma oposição. “Sou totalmente contra o momento que vivemos no Brasil e no Piauí, que não há oposição. A oposição é uma perfeita demonstração da democracia, mas infelizmente no Piauí isso não existe mais. Aqui há um bando de viciados nos cofres públicos e esse vício é pior do que o da maconha”, ressaltou.

O ex-parlamentar informou que não entrará como opção para a oposição. “Eu não vou entrar só para marcar oposição, mas quem acha que eu vou ganhar é o povo e aceitarei o apoio de todos os partidos”, enfatizou Mão Santa    fonte proparnaiba