sexta-feira, 21 de março de 2014

Partidos pressionam vice Zé Filho por cargos; insatisfação também no PMDB

O entra e sai das principais lideranças políticas da casa do vice-governador Zé Filho (PMDB) tem se intensificada nesta semana, com a proximidade do dia 5 de abril, quando ele deve tomar posse após a renúncia do governador Wilson Martins. Os partidos correm contra o tempo para conseguir negociar espaços no novo Governo.

Com isso, as insatisfações começam a surgir. Partidos como o PSD, presidido pelo deputado Júlio César, tenta se manter na secretária de Mineração, mas almeja uma outra pasta. O PDT de Flávio Nogueira também busca uma espaço maior na base. As insatisfações existem até mesmo no PMDB, o grupo político da deputada Ana Paula, que desejava a secretaria de Justiça, mas terá que se contentar com a “desprezada” pasta do Turismo.

Lidia Brito