trilha

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Deputados eleitos do Piauí gastaram mais de R$ 28 milhões nas campanhas

De acordo com a prestação de contas final de campanha eleitoral 2014, divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), alguns parlamentares eleitos no Piauí tiveram campanhas milionárias. Ao todo, os 10 deputados federais e 30 estaduais que obtiveram êxito na eleição gastaram exatamente R$ 28.377.574,66. Muitos deles ultrapassaram a casa do milhão para serem eleitos. A deputada que registrou mais despesas de campanha foi Iracema Portela (PP) (foto ao lado). Ela ficou na terceira colocação, gastando R$ 7.014.478,66.
Heráclito Fortes (PSB), eleito deputado federal, gastou R$ 4.136.754,32 em sua campanha, sendo considerado o segundo deputado eleito a registrar o maior gasto. Outros candidatos também ultrapassaram R$ 1 milhão em suas campanhas. Entre os deputados federais estão Assis Carvalho (PT), que gastou R$ 1.112.452,01; e Atila Lira (PSB), com registrou de despesas de campanha que chegaram a R$ 1.085.957,49.
A campanha que registrou menos gastos foi a do capitão da Polícia Militar, Fábio Abreu (sem partido). Último colocado na disputa, ele registrou gasto total de R$ 186.793,14. Todos os deputados federais eleitos somaram R$ 16.925.095,58 de despesas de campanha.
Entre os deputados estaduais eleitos, o que mais investiu na campanha foi Júlio Arcoverde (PP), com R$ 1.235.413,67 registrados na Justiça Eleitoral. O deputado eleito pelo PP foi o único que ultrapassou R$ 1 milhão nas despesas de campanha. Marden Menezes (PSDB) é o segundo colocado, com o registro de R$ 572.320,97 em despesas. O candidato que menos gastos foi também o último colocado: Dr Hélio (PTC) registrou apenas R$ 133.667,15 de despesas. Somados os gastos dos 30 deputados estaduais eleitos, o valor das despesas chegam a R$ 11.452.479,08.
portalodia