terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Caos no HEDA: Prefeitura de Parnaíba contrata UTI particular

Diante do caos que se instalou no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, em Parnaíba, com o não recebimento de pacientes desde a última segunda-feira (23/12), devido à falta de estrutura física necessária e profissionais suficientes para atendimento na Unidade de Terapia Intensiva - UTI do referido hospital por conta da omissão do Governo do Estado do Piauí, a Prefeitura de Parnaíba de Parnaíba na tentativa de garantir os direitos dos cidadãos parnaibanos para que não passem por situações desastrosas, tomou algumas medidas emergenciais e necessárias.
O prefeito de Parnaíba, Florentino Neto comentou sobre a situação com o jornalismo do Proparnaiba.com. “É lamentável e retrata a situação em que se encontra a saúde pública no âmbito da administração estadual. Ao tomar conhecimento do fato, a Prefeitura de Parnaíba promoveu a contratação emergencial da UTI do Hospital Marques Bastos e está promovendo as medidas judiciais cabíveis para assegurar o serviço à população bem como o pagamento dos profissionais e as condições adequadas para que eles possam exercer suas funções”.
De acordo com Florentino, serão disponibilizados para a população parnaibana, seis dos dez leitos do hospital contratado. Ele foi o primeiro prefeito do Piauí a se reunir com o próximo secretário da saúde. “Neste momento, estou saindo de uma reunião com o próximo Secretário Estadual da Saúde, Dr. Francisco Oliveira Costa, a quem comuniquei o fato e de quem solicitei, atenção especial para o Hospital Dirceu Arcoverde, tendo em vista que Parnaíba é uma cidade polo regional de saúde e um dos destinos turísticos mais frequentados no réveillon, bem como, solicitei que seja promovido o mais amplo diálogo com os profissionais do hospital, pois reconheço que eles tem o desejo de prestar o melhor serviço possível, mas ficam impedidos em razão da fragilidade das gestões”.

Tacyane Machado/ Proparnaiba.com