terça-feira, 23 de dezembro de 2014

OPINIÃO: O caos na UTI do HEDA


Atualmente a UTI do HEDA tem somente dois médicos concursados, o restante do quadro de médicos são apenas contratados para realizarem plantões.
Aí o problema começou a se agrava depois que governo do Estado deixou de pagar os plantões dos médicos há três meses, e  há dias os plantonistas vinham anunciando essa paralisação. 
Hoje(23), existem seis pacientes internados na UTI, que com a paralisação estão sendo avaliados apenas uma vez por dia( no inicio da manhã) por um médico diarista. No restante do dia, os pacientes ficam à deriva sem os cuidados de um médico plantonista.
 O maior problema é que, se no decorrer do dia houver alguma alteração no quadro de saúde de algum paciente, as chances de morte é quase certa, pelo grave motivo de não ter um medico para avaliar, medicar e acompanhar o paciente. 
Por isso, as chances de ter mais uma tragédia e mortes em massa na UTI do HEDA são reais.
Há anos venho denunciando o descaso, a falta de estrutura, falta de pessoal e a falta de humanidade dos dois últimos governadores.
Vale lembrar que em 2012 o Portal do Bikanca foi o único que cobrou da autoridades a adaptação das UTIs conforme a Recomendação da AMIB. Infelizmente,o ex-governador Wilson Martins e o atual Zé Filho "fizeram ouvido de mercador". 
Mais uma vez venho à publico alertar sobre uma possivel e real tragédia na UTI do HEDA, e dizer que, é de inteira responsabilidade do secretário estadual de saúde e do senhor governador Zé Filho as mortes que ocorrerem por conta deste descaso.

Por Marcio Bikanca