sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

PRF divulga trechos mais perigosos para acidentes nas rodovias que cortam Piauí

Com as festas de final de ano, muitos piauienses se deslocam pelas rodovias que cortam o Estado. A Polícia Rodoviária Federal faz um alerta para os trechos mais perigosos e dá dicas para que condutores evitem acidentes. 
De janeiro a novembro, a PRF registrou 2.185 acidentes nas duas principais rodovias que cortam o Piauí, as BRs 316 e 343. Sendo que a maior parte foi na BR-343 com 1.236, 640 feridos e 81 mortes. A BR-316 registrou 949 acidentes, 506 feridos e 67 mortes. 
De acordo com o chefe do Núcleo de Acidentes da PRF, inspetor Isaías Segundo, os trechos mais perigosos são os urbanos e os locais com curvas, aclives e declives acentuados. 
“As principais causas desses acidentes são: faltas de atenção de condutores ou pedestres, desobediência à sinalização, não guardar a distância de segurança lateral ou frontal, ultrapassagens indevidas, ingestão de álcool, animais na pista e defeitos mecânicos”, afirmou o inspetor Segundo.
Acidente com ônibus 
Sobre o trecho que ocorreu o acidente entre o ônibus da Transbrasiliana e a carreta, no km 53 da BR-316, no dia 15 de dezembro, no qual morreram sete pessoas carbonizadas e três ficaram feridas. 
Ele afirma que é um trecho com sequência de curvas e alguns aclives/declives, sendo sinalizados com faixa contínua e placas de proibição de ultrapassagens e de advertência de curvas, no entanto as ultrapassagens proibidas são realizadas e contribuem para os acidentes.
“Além disso é uma rodovia com grande circulação de veículos de grande porte, como caminhões, articulados (carretas e bi trens) que podem alcançar até 30 metros de comprimentos e ônibus”, acrescenta.
Veja os trechos mais perigosos: 
BR-343:
Curvas da Raposa 
Volta da Jurema
Rio Pirangi
Morro da Arara (Amarante)
Aclives/Declives entre Lagoinha (Estaca Zero) e Passagem Franca 
Aclives/Declives entre Dom Expedito Lopes e Picos
BR-316:
Curvas entre Lagoa do Piauí e Monsenhor Gil
Entroncamento:
Estaca Zero (Lagoinha do Piauí), 
Paracati (Floriano), 
Petecas (Piripiri) e 
Gaturiano (São João da Varjota), 
Saída dos municípios: 
São Pedro
Angical 
Amarante 
Extensão da BR-135: 
de Eliseu Martins a Corrente, trecho sem acostamento. 

Caroline Oliveira/cidadeverde