sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Governo e Eletrobras planejam investir em infraestrutura elétrica

O governador Wellington Dias se reuniu, nesta quinta (05), no Palácio de Karnak, com o presidente da Eletrobras-PI, Arquelau Amorim, e com os secretários de Estado da Fazenda, Governo e Administração. Em pauta, investimentos em distribuição de energia no interior do estado e uma ação conjunta de para coibir a instalação de gambiarras e instalações irregulares.
Em Teresina, o objetivo é concluir e entregar as obras da terceira subestação de energia, localizada na região da Usina Santana. “Quando em funcionamento, essa obra dará mais segurança na distribuição de energia para toda a região sudeste da capital, atendendo em especial a região do Grande Dirceu, beneficiando cerca de 150 mil pessoas”, revela o governador.
No que diz respeito aos investimentos no interior, o objetivo é reforçar a infraestrutura necessária para um fornecimento de energia mais conciso. As regiões de Jaicós, Esperantina, Santa Filomena, Bom Jesus, Corrente, Curimatá, Avelino Lopes e Barreiras, que ainda apresentam graves problemas de carga elétrica, devem receber uma atenção especial.
“Aqui foi apresentada uma proposta de que o Estado antecipe sobre a forma de execução de obras ou recursos, empreendimentos como a subestação de Jaicós, onde existe a perspectiva de R$ 4 milhões em investimento e a linha de energia entre Piripiri e Esperantina, onde deverão ser aplicados cerca de R$ 10 milhões, em uma parceria junto a Eletrobras”, explica Dias.
O governador revelou também a possiblidade da realização de encontro de contas entre Agespisa e Eletrobras/PI, uma vez que as duas instituições apresentam dívidas entre as mesmas. O acerto culminaria com a regularização das duas situações. 
Quanto ao programa Luz Para Todos, o Governo do Estado estuda medidas para capitanear a retomada das atividades no Piauí. O assunto foi apresentado ao novo presidente da Eletrobras que acenou positivamente para um trabalho conjunto de retomada." O governador Wellington Dias está batalhando pela retomada do programa Luz para Todos. A reunião teve o objetivo de colocar essa pauta na mesa para que o projeto seja viabilizado, claro, com a preocupação de verificar as regiões onde há carga energética suficiente para novas ligações e ao mesmo tempo garantir a qualidade do fornecimento de energia aos consumidores já existentes", destacou o secretário estadual de Governo, Merlong Solano.
Combate a instalações ilegais
O encontro também trouxe à mesa uma importante pauta tanto para a Eletrobras, quanto para o Estado. Trata-se da regularização do consumo ilegal de energia, através combate a instalações de gambiarras.
“O combate ao consumo ilegal é importante, porque de um lado você gera receita para a Eletrobras, que terá maior capacidade de investimentos e, consequentemente, uma produto final com maior qualidade, e de outro, gera receita para o Estado, que chega em forma ICMS (Imposto Circulação de Mercadorias e Serviços). Além disso, garantimos mais segurança para o consumidor, evitando que pessoas morram eletrocutadas na tentativa de realizarem ligações clandestinas”, pontua dias.
A intenção é realizar um trabalho em conjunto com com a Polícia Civil e delegacias especializadas para oferecer mais segurança também aos servidores da empresa durante o trabalho de fiscalização.
O presidente da Eletrobras Piauí, Arquelau Amorim, sugeriu a realização de uma parceria com a Universidade Estadual para a instalação de um laboratório destinado à aferição de medidores de consumo de energia. "Temos desvio de energia por alteração de medidores e esses equipamentos são encaminhados para fora, demora a vir e a gente poderia fazer isso no local com a ajuda da Uespi, inclusive, possibilitando uma renda para Universidade. Podemos colocar nosso pessoal à disposição para montar esse laboratório", afirmou.
http://www.piaui.pi.gov.br/