segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Governo vai implantar sistema de controle para diárias e passagens

A Secretaria de Estado da Administração e Previdência (SeadPrev) vai implantar o Sistema de Controle de Diárias e Passagens (SCDP), a partir do dia 1º de fevereiro. A princípio, quatro órgãos pilotos estarão envolvidos: SeadPrev, Secretaria da Fazenda (Sefaz), Controladoria Geral do Estado (CGE) e Agência de Tecnologia da Informação (ATI).
De acordo com o secretário da Administração, Franzé Silva, o sistema ainda está em fase de análise e testes até ser regulamentado, ainda este mês, pelo governador Wellington Dias, por meio de decreto. “Antes do sistema ser implantado, servidores indicados pelos gestores dos quatro órgãos vão participar de dois dias de treinamento”, comenta Franzé.
O sistema será gerenciado pela Secretaria da Administração e Previdência.  Servidores designados pelos órgãos participantes vão ter senha para acessar o sistema e fazer a operacionalização do pedido de aquisição das passagens aéreas e diárias.
Pelo processo, o órgão interessado faz o pedido de aquisição das passagens aéreas e das diárias, apresentando as justificativas e finalidades. Em seguida, a solicitação é lançada no sistema onde vão ser feitas três cotações. “Vai ser priorizada a que tiver menor preço”, explicou Franzé Silva.
Segundo o secretário, a solicitação de diárias também vai ser feita pelo sistema e independe do pedido de passagens aéreas. A tramitação de aquisição de passagens aéreas e diárias é tanto para servidores do Executivo estadual como para não servidores. 
“Além de sistematizar a aquisição de passagens aéreas, o governo vai poder monitorar e fazer com que as compras tenham qualidade e economia”, destacou o secretário Franzé Silva ao ressaltar que todos os órgãos estaduais devem implantar o SCDP até o fim de 2017, conforme estará determinado no decreto.
ccom