domingo, 1 de janeiro de 2017

Mão Santa assume a Prefeitura de Parnaíba com eleição questionada na justiça

O prefeito eleito de Parnaíba, Francisco Moraes Souza (Mão Santa) assumiu o cargo na tarde deste domingo em sessão da Câmara Municipal de Parnaíba, presidida pelo vereador Geraldo Alencar Filho. Um fato marcante da posse foi a retirada em massa de vereadores de oposição logo após a posse de Mão Santa, supostamente em protesto à controvertida vitória do novo presidente. Os comentários de bastidores são de que o novo prefeito interferiu, inclusive com barganha, para derrotar a candidata Neta Castelo Branco, em favor de Geraldo Alencar.


Médico por formação, Mão Santa foi governador entre 1995 e 2001, quando foi cassado pela Justiça Eleitoral por abuso do poder econômico, que é um tipo de corrupção eleitoral. Dois anos depois, foi eleito senador, mas não conseguiu renovar o mandato. Voltou ao Piauí e tentou a eleição para prefeito de Parnaíba, mas acabou derrotado pelo então vice-prefeito Florentino Neto (PT).
Quatro anos depois de perder a disputa por 10 mil votos de diferença, Mão Santa voltou a se candidatar contra o mesmo Florentino e venceu com 35.585 votos (45,53%) contra 34.462 (44,09%) do petista, uma diferença apertada que foi apontada como resultada da compra de votos, incluindo o uso de gasolina como moeda de troca. Estas acusações estão sendo alvos de investigações para que sejam comprovadas ou não.

A24horas