quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

O que mudou em Ilha grande do Piaui após 23 anos de emancipação politica?


O Município de Ilha Grande, antigo povoado de Morros da Mariana, atualmente faz parte de uma microrregião do Litoral Piauiense, da qual fazem parte também outros 12 Municípios, incluindo o maior deles, Parnaíba. Sua população é estimada segundo o IBGE em cerca de 9.242 habitantes, o Município sobrevive do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), e de uma economia primária que é baseada na, pesca e agricultura. 

No passado Ilha Grande, ou como era chamada, "Morros da Mariana" era apenas um povoado, ligado e submisso a  Cidade de Parnaíba, e quando falo em submissão, falo no sentido "literal", Morros da Mariana servia de "curral eleitoral" para os políticos parnaibanos e não era contemplado com muita coisa, no que concerne ao desenvolvimento. Na verdade o "pobre" e "humilde" povoado era vitima do "coronelismo político" e sempre nas vésperas da eleição em Parnaíba, os habitantes do antigo povoado, eram "presenteados" com as esmolas dos Coronéis de Parnaíba. Más não se deve subestimar um povo, e o povo que outrora eram "capacho" começava a sonhar com sua liberdade política. E é aquele grande ditado, "quando a senzala aprende a ler, a casa grande enlouquece" e não deu outra, começou uma campanha contra a emancipação política do povoado. 

Os subordinados aos Coronéis fizeram de tudo, iam até nas casas dos habitantes procurando convencê-los a votar contra o plebiscito que previa a emancipação política da Ilha, mais não teve jeito. Em 26-01-1994, foi promulgada a Lei Estadual n.4680, pelo então Governador do Piauí na época, Freitas Neto, e a tão sonhada liberdade política tinha se tornado realidade, o pequeno povoado de Morros da Marina, foi elevado a categoria de Cidade, e passou a ser chamado de Ilha Grande do Piauí.  Dois anos depois, jà no ano de 1996, ocorre o primeiro pleito eleitoral, sagrando Henrique Penaranda Sertão Machado como o primeiro Prefeito do novo Município. 

E após 23 anos de emancipação política o que mudou Ilha? É bem verdade que já teve progresso na Ilha Grande, mais nada surreal. Ilha Grande ainda continua inerte, "parada no tempo", não há investimentos de iniciativa pública nem privada, e a maioria da população sobrevive da pesca e agricultura, e uma pequena parte são servidores públicos. E atualmente a Ilha está sendo sucateada pelos inimigos do passado, sim, por aqueles que foram contrários a "emancipação política" do município, e queriam ser "os donos da Ilha", mais os donos da Ilha são o seu povo. 

Fato é que não mudou muita coisa por aqui, o Município não possui uma Agência Bancária, nem uma Agência dos Correios, não possui uma grande empresa. A população da ilha Grande, faz tudo na cidade vizinha, Parnaíba, é aquela velha história do filho que saiu de casa, mais recebe todos os dias o prato de comida pela janela. Más não vamos desistir da Ilha, vamos acreditar no seu progresso futuro, e eliminar essa força política que lhe domina e tem dificultado o seu desenvolvimento. 

Por : Bruno dos Santos/Jornal da Ilha Grande