sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Piauí recebe 40 cubanos do Mais Médicos neste sábado (28)

A chegada de 40 profissionais cubanos para integrar o Programa Mais Médicos no Piauí está prevista para as 17h45 deste sábado (28), no avião da Força Aérea Brasileira (FAB), no aeroporto Senador Petrônio Portella, em Teresina. Eles partem de Brasília e, chegando ao Piauí, serão conduzidos para atuarem em 30 municípios.
Este é mais um grupo a chegar ao estado para substituir 130 médicos que concluíram o ciclo de três anos no programa em 2016. Em dezembro, chegaram 51 e outros 39 chegarão no início de fevereiro.
"O Mais Médicos vem tendo grande aceitabilidade no Piauí, tanto por parte dos gestores quanto por parte da população, como já era previsto num estado onde existe muita dificuldade de fixar médicos nos municípios. E nessa mudança de gestores municipais, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) tem registrado uma procura enorme pela adesão ao programa”, diz a coordenadora do Mais Médicos no Piauí, Idivani Braga.
Ela explica que atualmente não existe a possibilidade de novas adesões ao Mais Médicos, porque a Sesapi está trabalhando com reposição de vagas. Mas, segundo Idivani, o secretário de Gestão do Ministério da Saúde, Rogério Abdala, acenou com a possibilidade de abrir um edital de expansão de vagas para o Piauí. “Mas ainda não temos a previsão de quando será lançado esse edital”, completa Braga..
Chegando ao município, os 40 médicos ingressam, imediatamente, na equipe e iniciam o trabalho. O Piauí conta com 334 médicos do programa, desses, 243 são cubanos que trabalham em 130 municípios, distribuídos nos 11 territórios de saúde.
Os médicos que chegam no sábado (28), irão atender nos municípios de Ribeiro Gonçalves, Amarante, Avelino Lopes, Caldeirão Grande do Piauí, Cocal, Corrente, Cristalândia, Gilbués, Guaribas, João Costa, Luis Correia, Matias Olímpio, Pimenteiras, Prata do Piauí, Regeneração, Santa Filomena, São Francisco de Assis, São João do Arraial, São Julião, São Raimundo Nonato, Vila Nova do Piauí, Jaicós, Miguel Alves, Parnaguá, Parnaíba, Picos, Pio IX, São João do Piauí, Sigefredo Pacheco e Buriti dos Lopes.
ccom