sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

DESCASO: Jovem denuncia falta de medicamento para portadores HIV/AIDS no CTA da Prefeitura de Parnaíba. ASSISTA O VIDEO

Um jovem parnaibano, de 27 anos, portador do vírus HIV (vírus da imunodeficiência humana), passa por tratamento há quase três anos na cidade. O acompanhamento sempre foi feito através do CTA/COAS, Centro de Testagem e Aconselhamento em HIV/Aids, mas para o desespero do rapaz, há quase duas semanas, ele busca o coquetel de tratamento e não há disponibilidade no CTA da prefeitura de Parnaíba.

O jovem disse que foi informado pelo setor responsável que o coquetel, conhecido como “3 em 1”, que são os comprimidos tenofovir (300 mg), lamivudina (300 mg) e efavirenz (600 mg), não está disponível e que somente no dia 6 de outubro ele teria acesso ao medicamento.

No primeiro contato com a secretaria municipal de saúde na última quinta-feira, nossa reportagem teve a resposta de que o problema seria resolvido hoje (24/02). Ao procurar novamente o CTA, o jovem foi informado que no dia 03 de março, o coquetel seria disponibilizado aos pacientes.

O jovem teme a suspensão do tratamento. Conforme informações médicas que recebeu, há grandes riscos à saúde, pois pode ocorrer maior progressão de doença, como também, acúmulo de mutações de resistência aos antirretrovirais e perda de futuras opções terapêuticas. A suspensão da medicação implicará na mudança de medicação e quando isso ocorre, não há garantias que outro coquetel agirá de forma eficaz no organismo.

A reportagem também buscou contato com a Secretaria Estadual de Saúde, que informou que toda a medicação deve ser solicitada por um sistema chamado Siclom (criado com o objetivo de gerenciamento logístico dos medicamentos antirretrovirais). E que, houve mudanças de recursos humanos na prefeitura de Parnaiba. Isso pode ter causado a alimentação incorreta do sistema e consequentemente, o atraso nos medicamentos.

O Centro 
de Testagem e Aconselhamento em HIV/Aids é de inteira responsabilidade do município de Parnaíba.

ASSISTA A ENTREVISTA DO JOVEM PORTADO DE HIV CONCEDIDA À TV DELTA DE PARNAIBA



TV Delta/extraparnaiba