terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Por falta de apoio da prefeitura, UFPI encerra acordo de cooperação técnica com Superintendência Municipal de Cultura

O diretor do campus da Universidade Federal do Piauí em Parnaíba, Alexandro Marinho, esteve no plenário da Câmara Municipal de Parnaíba, onde apresentou aos vereadores, dados de grande relevância quanto aos avanços da instituição e os serviços prestados a comunidade parnaibana, que vão desde a contribuição de pesquisas a atendimentos em saúde.
Após a sua fala, a vereadora Fátima Carmino (PT) questionou o diretor sobre o que havia acontecido com o termo de cooperação técnica entre a Universidade Federal do Piauí através do Mestrado Profissional em Artes, Patrimônio e Museologia e Prefeitura de Parnaíba por meio da Superintendência Municipal de Cultura.
O acordo de cooperação técnica com a Universidade Federal do Piauí tinha como objetivo, a instalação de escritório técnico do mestrado Profissional em Artes, Patrimônio e Museologia, no Casarão Simplício Dias, que auxiliaria o município na elaboração e desenvolvimento de estudos, projetos técnicos e cursos de formação de pessoal no campo da gestão da cultura, patrimônio cultural, museus e museologia.

Conforme o diretor do campus, até o período de transição, o atual superintendente de cultura sinalizou que o acordo de cooperação permaneceria, mas logo no início do ano, alguns pontos foram questionados e não aceitos por parte da superintendência. Entendendo que se não há concordância quanto ao que foi estabelecido anteriormente, a coordenação do mestrado solicitou a direção da universidade, que a cooperação fosse rompida com a Prefeitura de Parnaíba.

Por conta disso, o trabalho programado pelo mestrado Profissional em Artes, Patrimônio e Museologia, no Casarão Simplício Dias não ocorrerá mais. Dentre as tantas iniciativas que seriam implantadas no espaço, estava a preservação da estrutura física do local.

Por Tacyane Machado