sexta-feira, 31 de março de 2017

Presidente da Câmara diz que a responsabilidade da nomeação de acusado de estupro é do vereador Carlson Pessoa

Resultado de imagem para ROBERTO WILLIAN PARNAIBA E CARLSON PESSOA
- Presidente da Casa não se deu ao trabalho de averiguar a suposta dupla situação empregatícia, através de cargo publico, que um dos servidores da estrutura administrativa da Câmara de Parnaíba, acusado de estupro de vulnerável contra uma menor de 13 anos, estaria a desfrutar. Brasil.

_______________________

LAVANDO AS MÃOS
O presidente da Câmara de Vereadores de Parnaíba José Geraldo Alencar Filho fez cara de paisagem para a situação ímpar que parece existir no legislativo municipal do município.

Diante da publicação feita pelo 180, que informava que um servidor da Casa, de nome Roberto William Rufino de Sousa, era réu frente à acusação de estupro de vulnerável, o presidente conhecido por suas faltas disse, em nota, que não tinha nada a ver com a situação, embora condenasse tal prática.
E jogou toda a responsabilidade para o colega vereador Carlson Pessoa, autor da indicação. Ou seja, sob a presidência do vereador José Geraldo Alencar Filho, se um dos seus pares quiser nomear um comissionado da estirpe de Fernandinho Beira-Mar pode, porque segundo ele, não há nada que ele possa fazer, só assinar o documento.
_O presidente da Câmara de Vereadores de Parnaíba, José Geraldo Alencar Filho, que diz ter nada a ver com isso...
presidentecamaraparnaiba.jpg
Na nota, o presidente da Casa não explica porque um ato seu, assinado por ele em dois de janeiro, só foi publicado em 27 de março no Diário Oficial dos Municípios, o que dificulta a fiscalização e o exercício da cidadania. O ato é o da nomeação do tal servidor réu.
COMIGO?

Veja a nota do presidente da Casa Legislativa:

direitorespostacamaraphb.jpg

FONTE: 180 graus/Apoliana Oliveira