quarta-feira, 3 de maio de 2017

ATI-PI recebe alunos do Pronatec para estágio de 40 dias

Valcian Calixto
A qualificação do aprendizado escolar com estágio curricular prepara jovens piauienses para o mercado de trabalho. A Agência de Tecnologia da Informação do PIAUÍ – ATI vem recebendo alunos do Pronatec por meio de convênio celebrado com a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) e no momento conta com duas estagiárias do curso de Informática e outras duas de Recursos Humanos.
São elas Andressa Ferreira e Kércia Alves da área de Tecnologia da Informação e Conceição do Nascimento e Márcia Sirlane de RH. As quatro são alunas no CEEP José Pereira em Teresina e terão oportunidade de colocar em prática todo o conhecimento adquirido em sala de aula.
A estudante Andressa conta que o que mais gosta na parte prática do curso é digitar e lidar com computadores. “Eu fico apaixonada com as possibilidades da Informática”, disse. Já Kércia disse que tem predileção pelos reparos nas máquinas.
“Educação é primordial em todos os sentidos. Fiz curso técnico e sei o tanto que isso faz diferença na vida da pessoa. Quem tem um curso e principalmente quem já fez estágio a gente tem de priorizar porque tem potencial”, conta o diretor-geral da ATI, Avelyno Medeiros.
Para a professora e supervisora de Estágio do Pronatec Orcinete Coelho, órgãos como a Agência de Tecnologia, Seduc e Sefaz têm sido grandes parceiros. “A gente tenta inserir os alunos dentro do próprio governo, pois se trata de um programa do governo o Pronatec”, comenta.
No momento, a ATI está aguardando ainda dois alunos para estagiar na área de Administração. O estágio de Informática possui carga horária de 200h/aulas e os de Informática 150h/aula, sendo 40 e 38 dias, respectivamente, de estágio. Nessa modalidade os alunos fazem o Ensino Médio em um turno e o curso técnico no outro, terminado o curso partem para os estágios.
O diretor-geral Avelyno Medeiros solicitou uma consulta ao departamento jurídico da Agência de Tecnologia visando aumentar a oferta de vagas de estágio no órgão.
ccom