segunda-feira, 15 de maio de 2017

DEPOIMENTO SOBRE JOSÉ HAMILTON FURTADO CASTELO BRANCO

   Por Alcenor Candeira Filho

     Minha amizade com José Hamilton Furtado Castelo Branco remonta à nossa meninice, ele mais novo do que eu três anos.
     Nos anos 60, quando não havia ainda em Parnaíba curso universitário, implantado em 1969 com a Faculdade de Administração do Piauí, logo incorporada à Universidade Federal do Piauí, fomos estudar em outros centros do país: eu no Rio de Janeiro (curso de direito) e ele em Recife (curso  de engenharia agronômica).
     Durante as férias de julho e de fim/começo de ano fizemos muitas farras, ambos apreciadores de cerveja, como até hoje. Participavam desses encontros etílicos , dentre outros, Renato Diniz Machado, Rossine de Souza Lima,  Weber Mualem de Moraes, Rubem de Oliveira Fontenele  e Gervásio Pires de Castro Neto, que fora seu colega de ginásio no Instituto São Luís Gonzaga, em Parnaíba.
     Já  nesse tempo presenciei  muitas vezes José Hamilton, sob o efeito da boa bramota, bater forte na mesa do bar e bradar: “Um dia serei prefeito desta cidade!”. À época ninguém acreditava no vaticínio. O espirito gozador e brincalhão dele nos levava a crer que a frase não passava de mera fanfarrice. Mas o tempo mostraria que ali já estava escrito nas estrelas que ele viria a ser o recordista no exercício do cargo  de prefeito de Parnaíba, com três mandatos conferidos pelo povo: 1993-1996 pelo Partido da Frente Liberal-PFL, 2005-2008 e 2009-2012 pelo Partido Trabalhista Brasileiro.
     Formado e de volta a Parnaíba, José Hamilton dedicou-se a atividades agropecuárias e empresariais, emprestando ainda a sua inteligência e trabalho à EMATER, à Cooperativa de Leite Delta como um de seus diretores e à Prefeitura Municipal de Parnaíba como secretário municipal de agricultura na primeira administração de Mão Santa (1989-1992), de quem foi sucessor em 1993.
     José Hamilton é descendente da quase milenar família Castelo Branco, cuja mais antiga referência, segundo o notável escritor Renato Pires Castelo Branco no livro OS CASTELO BRANCO D’ALÉM E D’AQUÉM MAR, são os seguintes versos de D. João Ribeiro Gaio, Bispo de Malaca, transcritos na sua HERALDOLOGIA MÉTRICA, - versos esses que nos transportam “à famosa batalha de Ourique, em que D. Afonso Henriques derrotou os mulçumanos a 25 de julho de 1139 [...] quando Portugal ainda não existia como país e o Condado Portucalense, que se limitava entre o Douro e o Minho, era vassalo do rei de Leão”:

                                “Dos que nos campos valentes
                                          d’Ourique sacrificaram
                                          seu sangue onde alcançaram
                                          fama, mays seus descendentes
                                          Casteis Branco se chamaram.”

     Filho da professora Albertina Furtado Castelo Branco e do coronel Epaminondas Castelo Branco, José Hamilton herdou do pai, que foi grande líder político em Buriti dos Lopes e em Parnaíba e que exerceu mandato de deputado federal e presidiu a Assembléia Legislativa do Estado do Piauí (que aprovou a Constituição do Piauí em 1946) o gosto pela política.
     Democrata, com convicções políticas socialistas e sempre atento  aos interesses da  maioria marginalizada, - José Hamilton adotou nos três períodos em que governou a cidade uma gestão participativa e desenvolvimentista. Da MENSAGEM DO PREFEITO, publicada 68ª edição do ALMANAQUE DA PARNAÍBA, transcrevo os seguintes trechos:

                                              “Como resultado de reflexões advindas de nossas
                                        duas administrações à frente do Executivo Municipal,
                                        reafirmamos que as soluções para os problemas de Parnaíba
                                        estão nas mãos dos parnaibanos. O poder público municipal
                                        precisa agir muito mais como organismo catalisador das boas
                                        iniciativas em prol do desenvolvimento local, dando à sociedade
                                        e seus diversos representantes a oportunidade de contribuir,
                                        de fazerem cada um a sua parte.
                                                                               [...]
                                                               A concretização de obras estruturantes é uma
                                        constatação do que estamos afirmando. Alguns exemplos: a
                                        retomada das obras do Projeto Habitar Brasil, a implantação
                                        do novo Pronto Socorro e do SAMU; a construção da Unidade de
                                        Piscicultura, que em poucos anos impactará positivamente  a
                                        economia local; o novo Mercado da Quarenta que, finalmente,
                                        dará dignidade à população; a urbanização da praia da Pedra
                                        do Sal; além da ação estruturante na área  educacional com
                                        construção de escolas e ampliação de outras”.

     Coerente com esse modo de pensar e contando com a  orientação de dois dois grandes economistas brasileiros, os parnaibanos João Paulo dos Reis Velloso e Antônio de Pádua Franco Ramos, suas três administrações foram repletas de realizações. Numa enumeração não exaustiva, destaco:
     - construção do Mercado da Quarenta em parceria com o governo estadual;
      - retomada e conclusão das obras do Projeto Habitar Brasil, com a construção de blocos de edifícios populares com 200 apartamentos, posto de saúde , escola de ensino fundamental e creche no local;
     - construção da Praça de Eventos Mandu Ladino, que provavelmente se tornou no gênero o maior logradouro público da cidade;
     - construção  de postos de saúde em diversos bairros e do SAMU;
     - recuperação do piso, dos bancos, da iluminação e dos jardins da praça da Graça;
     - construção e ampliação de creches e escolas, destacando-se, no primeito governo, com Francisco de Canindé Correia como secretário de educação,  a construção do CAIC-Escola Mun. Profª Albertina Furtado Castelo Branco e a ampliação da Escola Roland Jacob, justamente as duas maiores escolas municipais;
     - implantação do Conselho Municipal de Educação e do Conselho Municipal do FUNDEF/FUNDEB;
     - qualificação universitária para todos os professores efetivos da rede pública municipal interessados sem graduação em pedagogia plena;
     - implantação do Planejamento Participativo;
     - campanha pela implantação de dois cursos de medicina na cidade (UFPI e IESVAP);
     - instalação do Restaurante Popular;
     - obras de saneamento  básico em 75% da cidade;
     - campanha pela implantação da ZPE de Parnaíba;
     - aquisição de ônibus e micro-ônibus para o transporte escolar;
     - novas instalações para a secretaria municipal de educação;
     - obra de urbanização da orla marítima da Pedra do Sal.
     Tive o privilégio de participar de seus dois últimos governos como secretário de educação.
     José Hamilton é casado com a professora Valéria de Carvalho Castelo Branco, com que tem três filhos e vários netos, exercendo atualmente mandato de deputado estadual pelo Partido Trabalhista Brasileiro-PTB e de presidente desse partido em Parnaíba.