quinta-feira, 4 de maio de 2017

Retirada de nome de estádio da fachada gera polêmica em Parnaíba

Moradores de Parnaíba, no litoral do Piauí, se assustaram durante essa quarta-feira (03/05) ao passarem pelo Estádio Municipal da cidade, localizado na BR-402 no bairro Dirceu Mendes Arcoverde. É que a pintura da fachada do local que leva o nome do ex-presidente do Parnahyba Sport Club, Pedro Alelaf, foi apagada.

A praça esportiva levava o nome, desde a fundação, do atual prefeito da cidade, Mão Santa. No entanto, há cerca de três anos um projeto de lei do então vereador Gustavo Lima (PSB) foi enviado ao prefeito da época, Florentino Neto (PT), oficializando o nome do espaço para Pedro Alelaf. A lei nº 2.909 foi sancionada em junho de 2014. A retirada do atual nome da fachada gerou revolta nas redes sociais, inclusive por parte de torcidas organizadas do Parnahyba.
“Viemos através deste, mostrar nossa total indignação pela forma covarde que o nome do nosso glorioso Pedro Alelaf foi retirado da fachada do estádio municipal. Um ato covarde e de total desrespeito. Por qual motivo? Queremos a resposta”, afirma uma publicação feita por torcedores da Tubarões da Cohab.
Imagem que circula nas redes sociais.  (Crédito: Reprodução / Facebook)
Imagem que circula nas redes sociais. (Crédito: Reprodução / Facebook)
Sobre a mudança
Segundo o ex-vereador Gustavo Lima, foi feita uma rigorosa pesquisa apontando que o nome “estádio Mão Santa” não era oficial. E como se trata de uma pessoa ainda viva, a lei proíbe este tipo de homenagem. Além disso, de acordo com o princípio da impessoalidade da Constituição Federal, não é permitido a promoção de políticos vivos na nomeação de prédios públicos.
Documento da sanção da lei municipal que oficializava o nome do estádio.  (Crédito: Arquivo Câmara Municipal)
Documento da sanção da lei municipal que oficializava o nome do estádio. (Crédito: Arquivo Câmara Municipal)
A polêmica foi discutida durante a sessão dessa quarta-feira (03/05) na Câmara Municipal de Parnaíba. A vereadora Neta Castelo Branco (DEM) lembrou também de outro caso parecido, que aconteceu após a reforma da Concha Acústica no bairro Nova Parnaíba. Segundo a parlamentar, o nome do Dr. Ary Castello Branco Uchôa foi retirado após a nova pintura.
“A praça de eventos foi construída em 1989 e passou por recente reforma, sendo que o nome do homenageado não consta em mais nenhum lugar do espaço. Não podemos admitir que a memória da nossa cidade se perca. Estou aqui como vereadora e exercerei fielmente meu papel nas funções de legislar e de fiscalizar a aplicação das leis em nossa cidade”, disse Neta Castelo Branco ao denunciar também a retirada do letreiro do estádio.
Imagem que circula nas redes sociais.  (Crédito: Reprodução / Facebook)
Imagem que circula nas redes sociais. (Crédito: Reprodução / Facebook)
Nota de esclarecimentos
Por meio de um assessor pessoal do prefeito Mão Santa, a prefeitura municipal de Parnaíba informou que com relação ao estádio municipal uma reforma está sendo executada no local e que uma placa mais “chamativa” será colocada na fachada. Ainda segundo informações, o nome do saudoso Pedro Alelaf só foi retirado porque a placa será colocada nos próximos dias. O MeioNorte.com não conseguiu retorno sobre a mesma situação na Concha Acústica.
 Kairo Amaral/meionorte