segunda-feira, 10 de julho de 2017

Escola de Buriti dos Lopes recebe visita da Comissão Ilha Ativa

A Unidade Escolar Merval Neres dos Santos, situada na localidade Ponte do Jandira, foi agraciada no dia 28 de junho do corrente ano, com a visita da Comissão Ilha Ativa em parceria com a equipe gestora e todos os seus funcionários.
“A Comissão Ilha Ativa (CIA) é uma ONG fundada em 2006 no município de Ilha Grande - Piauí, a partir do empenho de um grupo de lideranças de diversas associações para lutar pela participação da população frente às questões políticas e administrativas daquele município, por meio de manifestações públicas, denúncias e acompanhamentos político-financeiro. Em 2009 uniu-se ao grupo NOE (Núcleo Operacional Educativo) e passou a focar em temáticas como a Geração de Trabalho e Renda, Conservação e Preservação Ambiental, Educação Ambiental e Organização Social.
Os projetos executados pela Comissão constam em diversas ações na Área de Proteção Ambiental (APA) Delta do Parnaíba, como os projetos Tartarugas do Delta, APA Viva, Memória e Contação de Histórias, Ilha Verde, Resex Cajuí, Ciranda da Cidadania, Sociobiodiversidade da Ilha e Gestão Participativa dos Recursos Pesqueiros. Esse último foi responsável pela articulação inicial que resultou no Acordo de Pesca do estuário dos rios Timonha e Ubatuba aprovado pelo ICMBio neste ano de 2016, no âmbito do projeto Pesca Solidária”.
A iniciativa em levar a comissão partiu do professor de geografia Michel Oliveira. “Vejo que uma significativa educação deve promover e executar inúmeras tentativas de bombardear nossos alunos com conhecimentos e mais conhecimentos. Atividades extra classe e extra curriculares, quando bem pensadas e planejadas, tem o poder de aproximar ainda mais o cotidiano do nosso alunado ao conhecimento científico. De nada vale o saber quando não se é aplicado. Trazer a Comissão Ilha Ativa, foi uma tentativa que deu muito certo”, disse o educador.
A escola foi contemplada nos turnos manhã e tarde, envolvendo um público-alvo da Educação Infantil ao 9º ano com atividades como, vídeos sobre o cuidado com o meio ambiente, enfatizando sobre o lixo; apresentação de painéis apresentando a APA DELTA do PARNAÍBA e suas riquezas, falando da importância dos recursos naturais existentes e dos animais que estão em extinção; Jogos como "Trilha do Estuário". As crianças tiveram a oportunidade de conhecer essa UC (UNIDADE DE CONSERVAÇÃO) e toda sua riqueza através do jogo da trilha; sala de ciências itinerante. Nela, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer algumas espécies de peixes existentes na APA e ainda o estado morfológico de outras espécies como: tartarugas, boto cinza, cavalo marinho, peixe boi e do peixe mero.

A comissão ainda focou seu projeto nas culturas artísticas predominantes em cada estado como: boi bumba no Maranhão; Quadrilha no Piauí e uma manifestação cultural religiosa: Padre Cícero no Ceará.

Rosângela Maria, pedagoga e educadora ambiental da Comissão Ilha Ativa ressaltou a importância do trabalho em parceria entre o grupo e a escola. “É necessário que essa juventude que está surgindo, compreenda que tudo que nos beneficia sai da natureza e entender isso se tornou uma tarefa para um professor passar em suas aulas devido às demandas do sistema educacional ser muito pautada. A nossa intenção (CIA), é transmitir e sensibilizar essa juventude sobre o cuidar dos nossos recursos naturais, pois, o Piauí é favorecido de uma biodiversidade magnífica e exuberante e que uma boa parte ainda não foi explorada pelo homem. Cuidar dessa biodiversidade é essencial para nossa sobrevivência. o nosso objetivo é tornar esses alunos em multiplicadores nos seus ambientes de convívio, levando em consideração a preservação e conservação do nosso ambiente natural”.
“É sempre muito importante acrescentarmos atividades extracurriculares que possam adicionar ainda mais conhecimentos aos nossos alunos. Ainda mais quando se desperta a consciência ambiental de cada cidadão. Para nossa escola foi um prazer sem igual sermos contemplados com a Comissão Ilha Ativa. Tenho certeza de que nossos alunos jamais serão os mesmos.”, acrescentou, Lane Lima, gestora da escola.

extraparnaiba