segunda-feira, 24 de julho de 2017

Primeiro intercâmbio canadense já deverá acontecer em setembro

Alvaro CarneiroO governador Wellington Dias, acompanhado da secretária de Estado da Educação, Rejane Dias, e comitiva, se reuniu nesta sexta (21), com representantes da Languages Canada, entidade oficial responsável pela promoção e difusão do inglês e do Francês no mundo para celebrar convênios, intercâmbios e programas de cooperação do Canadá com outros países na área de educação linguística. A perspectiva é que o primeiro intercâmbio já aconteça em setembro.
O encontro selou a parceria para promover o intercâmbio linguístico e cultural entre o Governo do Piauí e o Governo do Canadá, através da Languages Canada, instituição com atuação tanto no âmbito público, quanto privado. O acordo firmado permitirá ao Piauí poder ofertar a professores e alunos da rede pública de ensino a oportunidade intercâmbio presencial no Canadá, bem como o uso de ferramentas para a realização de aulas através de videoconferências. Além disso, alunos canadenses terão a possibilidade de vir ao Brasil estudar português e auxiliarem professores no ensino da língua francesa e inglesa.
Para tanto, o Governo do Estado já formula um memorando de entendimento, para que todos os pontos acordados sejam estruturados. “Foi uma reunião bastante produtiva e, pensando na formação continuada dos professores da rede estadual, abrimos a oportunidade deles virem ao Canadá aperfeiçoar a língua inglesa. Quanto aos alunos, iremos firmar um termo de cooperação que, além do inglês, também vamos ofertar o ensino do Francês. Vamos, ainda, qualificar profissionais voltados para o turismo e ampliar a oferta no Centro de Línguas. Além disso, também iremos expandir o ensino de línguas para o interior, através da mediação tecnológica. Estamos felizes e o acordo já deve iniciar esse ano”, explica a secretária Rejane Dias.
O governador Wellington Dias enfatizou as alinhas de atuação da parceria destacando áreas de turismo, saúde e educação. “Aqui acertamos quatro caminhos: o primeiro com o termo de cooperação com a Seduc e o Instituto de Línguas do Piauí, objetivando que o próprio instituto possa ser uma base para o ensino do Inglês e Francês no Piauí, que, como retorno, vai proporcionar o ensino do Português para o Canadá. Segundo, onde a rede de educação estadual terá um intercâmbio com escolas do Canadá, colocando alunos de uma escola nossa para cá e uma daqui para o Piauí. O terceiro é educação a distância, onde vamos utilizar a plataforma que possuímos para levar ensino de línguas para todas as cidades do interior do Piauí e permitir condições de intercâmbio quem já compreende a língua e tem interesse em aperfeiçoar”, comentou o governador.
Wellington frisou ainda que a parceria também irá trabalhar o inglês focado em profissões voltadas para o turismo, negócios, saúde e educação. Vamos focar na área do turismo, educação e saúde, pois são setores que necessitam do conhecimento de outras línguas para o seu próprio desenvolvimento. A previsão é que em setembro, quando retorna o período escolar canadense, já possamos ter o primeiro intercâmbio”, garantiu.
ccom