terça-feira, 20 de março de 2018

RAPIDINHAS

FRUSTRAÇÃO

O vereador Carlson Pessoa tentou, mas não conseguiu emplacar alguém de sua intimidade na Superintendência de Comunicação do município. O feito cairia como presente de aniversário de Carlson para ela, que aniversariou recentemente.

CAINDO

Comentários em todas as rodas da cidade é a queda de audiência do programa do vereador radialista Carlson Pessoa, devido o seu “palavreado” chulo. Muitos estão deixando de ouvir o programa e consequente a Rádio Cidade por conta disso.

LÍDER

Em consequência disso, é nítido o a liderança de audiência do Programa de Júnior Rego, na Rádio Liderança.

DESESPERO

O grupo que gosta de disseminar o ódio em Parnaíba começou a agir. Várias foram as faixas de agressão ao governador Wellington Dias distribuídas na calada da noite, no início do último final de semana. A população parnaibana já conhece os autores.

PASSADO

Esse fato remete ao passado, mais precisamente a eleição de 2004, quando o então candidato Deusimar Brito, o Tererê foi vítima de pichações por toda a cidade. Em breve daremos os nomes.

SANTUÁRIO

Em pouco tempo, Parnaíba está se transformando em um verdadeiro santuário de jumentos. Em quase todas as avenidas, nota-se a presença desses animais pastando, o que demonstra claramente que o serviço de correição que deveria ser realizado pela Prefeitura, a muito deixou de ser feito. Um perigo constante aos munícipes que trafegam nas vias e aos próprios animais.

DENÚNCIA

Prefeitura mantém registro de médico no CNEs (Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde), sendo que o mesmo desde agosto de 2017 já não mais presta serviço no posto de saúde, o que caracteriza que o mantiveram para não perder o repasse. Aguardemos, e nos manteremos vigilantes! No último domingo, o médico foi informado do seu desligamento. Esqueceram eles os valores recebidos até a atualidade.

REPRESSÃO

Assessor da Secretaria Municipal da Saúde anunciou que fará pedido à secretário para que exista uma circular proibindo que servidores da área portem aparelhos celular dentro da unidade de saúde. A medida tenta reprimir qualquer prática que possa ser usada contra a gestão atrapalhada do prefeito Mão Santa. O assessor foi prontamente rebatido pelos trabalhadores do município. Profissionais da saúde clamam por melhores condições de trabalho e não, medidas de repressão.

CÂMARA

O povo quer saber quando a prestação de contas será apresentada na data disposta no regimento interno daquela casa legislativa. As informações deveriam ser apresentadas em plenário, mas de fato, não está acontecendo. Porque será, hein?

extraparnaiba